Calvície feminina – Como identificar e tratar descubra aqui

A calvície de padrão feminino, também conhecida como alopecia androgenética, é caracterizada por uma hipersensibilidade de receptores hormonais no couro cabeludo, do qual desencadeia o afinamento progressivo dos fios de cabelos até a completa obstrução do folículo piloso (local do nascimento dos fios), essa condição atinge 5% das mulheres.

Diferente dos homens, a condição ainda atinge uma porcentagem baixa nas mulheres, porém sua ação funciona da mesma maneira: tudo começa com uma falha aqui, outra ali, que no final vão aumentando gradativamente.

Ainda assim, as mulheres diagnosticadas com a alopecia não costumam ficarem carecas por completas, o que acontece é uma grande (falha) diminuição dos fios de cabelo na região do alto e da frente da cabeça a ponto de deixar o seu couro cabeludo totalmente visível, se não tratar.

A escala de Sinclair -alopecia-feminina-
Escala Sinclair para queda de cabelo de padrão feminino. 
O estágio 1 é normal. O estágio 2 mostra o alargamento da parte central. O estágio 3 mostra o alargamento da parte central e a perda de volume lateral à linha da peça. O estágio 4 mostra a perda avançada. O estágio 5 é o total desenvolvimento de uma careca.

De acordo com a dermatologista Dra Monica Linhares. “Os primeiros sinais da calvície feminina podem ser observados a partir da risca do cabelo, que vai se “alargando” e afinando os fios do alta da cabeça, deixando em evidência o couro cabeludo.

Infelizmente, a calvície feminina não tem cura e causa um grande impacto negativo na auto imagem da mulher que possui a condição, afetando até mesmo a sua qualidade de vida, levando-a não se sentir mais atraente, ocasionando vergonha e até estresse emocional.

No entanto, é possível controlar e até mesmo reverter o quadro da alopecia androgenética, mas você vai precisar ter um certo nível de dedicação e paciência, para não só conseguir preencher as falhas e recuperar os seus fios de cabelos, mas também ganhar a sua auto estima de volta.

Existe um medicamento que foi aprovada pela (FDA) equivalente a ANVISA em 1988 que até hoje funciona, e acumula diversos estudos científico comprovando a sua eficácia em tratar e combater a calvície feminina.

Inclusive atualmente, ele é o único medicamento independente de androgênio, cujo seu uso é famoso entre as mulheres e homens que desejam combater e tratar a calvície, estamos falando da solução tópica do ingrediente ativo Minoxidil 5 %, cujo seu mecanismo de ação proposto para este medicamento é afetar o ciclo capilar, causando a interrupção prematura da fase telogênio e prolongar a fase anágeno (ciclo de crescimento dos fios). Em outras palavras, ele estimula o crescimento capilar e para a queda. No entanto ressalto que esse medicamento não deve ser utilizados por mulheres grávidas ou que estão amamentando.

Inclusive em um estudo clínico realizado em mulheres, com idades entre 18 e 45 anos, com graus leves a moderados de queda de cabelo, foi observada a seguinte resposta ao uso do ingrediente ativo minoxidil : 47% das mulheres relataram crescimento moderado de cabelos após usar minoxidil por 6 meses. 53% apresentaram um crescimento e regeneração capilar moderada após 8 meses de tratamento. 

Quanto tempo leva para ver resultados?

O uso do minoxidil solução tópica 5% para tratamentos em alopecia, leva em média de 5 – 12 meses para apresentarem uma melhora significativa.

Importante ressaltar que o uso da loção minoxidil por pessoas que são portadoras da doença crônica alopecia androgenética (calvície) precisa ser continuado por toda vida.

Quanto custa e onde encontrar o minoxidil para comprar?

Você pode comprar o seu kit de minoxidil para mulheres em versões de 2% ou 5% aqui na loja GiGiHair. Onde o preço varia entre 150 a 300 reais, dependendo somente da marca que você for optar para comprar.

One thought on “Calvície feminina – Como identificar e tratar descubra aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *