Posso usar minoxidil estando grávida? Descubra!

O minoxidil é bem conhecido entre as mulheres por ser extremamente eficiente no tratamento de falhas que eventualmente podem aparecer nos cabelos, para auxiliar o crescimento das sobrancelhas e até mesmo o crescimento dos cílios.

Embora possa parecer estranho, a calvície feminina é mais comum do que se imagina, ela atinge cerca de 100 milhões de mulheres pelo mundo.

A alopecia androgenética feminina (calvície) normalmente é hereditária, e pode surgir em qualquer fase da vida, a partir da puberdade, mas é mais comum após os 40 anos, quando a menopausa começa a se aproximar, além disso também costuma aparecer na vida das mulheres que possuem a síndrome dos ovários policísticos.

Mas o Minoxidil realmente ajuda no tratamento?

Bom, ele pode e deve ser utilizado por mulheres que sofrem com calvície, inclusive na fase da menopausa, período em que o problema pode surgir ou ficar ainda mais evidente em razão da diminuição de estrogênio e aumento da testosterona.

Acredite se quiser, mas esse é o tratamento mais eficaz para o controle da alopecia androgenética feminina (calvície) e queda capilar.

Ele pode ser usado por gestantes e lactantes?

Infelizmente o produto não pode ser utilizado por gestantes e nem por mulheres que estão em fase de amamentação.

Seu uso é proibido durante toda a gravidez e a fase de amamentação pois ele deve ser aplicado diretamente no couro cabeludo o que faz com que seja facilmente absorvido pelo organismo e vá para a corrente sanguínea.

As mamãe não devem usá-lo mesmo que a aplicação seja sobre uma pequena área e não seja no couro cabeludo, como por exemplo, nas sobrancelhas e nos cílios, pois Minoxidil, mesmo sendo tópico, chega aos vasos sanguíneos, atuando como vaso dilatador o que pode ser extremamente prejudicial ao bebê.

Informações da bula a respeito disso

Uso durante a Gravidez

Há dados limitados sobre a utilização de Minoxidil em mulheres grávidas. Estudos em animais revelaram toxicidade reprodutiva. O Minoxidil não é recomendado durante a gravidez e em mulheres em idade fértil que não fazem uso de contraceptivos. Hipertricose neonatal tem sido relatada seguido da exposição a Minoxidil durante a gravidez.

Minoxidil deve ser usado durante a gravidez somente se os benefícios potenciais justificarem o risco potencial ao feto.

Minoxidil é um medicamento classificado na categoria C de risco de gravidez, portanto, este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.


Uso durante a Lactação

A excreção de Minoxidil pelo leite materno tem sido relatada. O risco para o lactente não pode ser excluído. A decisão de se interromper a amamentação ou descontinuar / abster-se da terapia com Minoxidil deve ser avaliada em relação ao benefício da amamentação para a criança e o benefício da terapia para a mulher.

Estava usando o Minoxidil e descobri a gravidez, e agora?

Se esse é o seu caso, se você estava usando o Minoxidil e descobriu que está gravidinha, não se preocupe, o tratamento deve sim ser interrompido imediatamente, mas isso não significa que você terá que parar de cuidar dos cabelos.

Você pode continuar cuidando do couro cabeludo de outras formas. Procure deixar o couro cabeludo  sempre limpo, usar produtos de qualidade e manter uma dieta saudável e equilibrada, esse é um jeito de fortalecer os fios durante o período da gestação e amamentação.

Se a pele estiver muito sensibilizada, é válido pedir ao dermatologista ou ao ginecologista uma receita de shampoos e cremes naturais manipulados que podem auxiliar nesse processo.

Agora se você não está gravida nem amamentando, o uso está liberado, mulher!

Como utiliza-lo?

A recomendação é que se passe 1 ml do produto em cada aplicação, e sempre nos cabelos secos e livres de qualquer produto siliconado. É importante lembrar que o produto deve ser passado no couro cabeludo, e não no comprimento dos fios. Ele deve ser absorvido pelos poros para agir na raiz dos cabelos.

Os efeitos do tratamento podem ser vistos de imediato?

Eu sei que quando se fala de tratamentos, principalmente quando se trata de questões estéticas, é comum que você queira enxergar os resultados o mais rápido possível, mas esse não é o caso do Minoxidil.

Ele é um tratamento de médio a longo prazo, então precisa ter paciência pra começa-lo.

Os efeitos podem levar de 2 até 12 meses para começarem a apresentar melhorias consideráveis na quantidade, espessura e comprimento dos cabelos. Isso varia de caso pra caso, não quer dizer que se você fizer vai demorar um ano.

Vale lembrar também que o tempo mínimo indicado de uso do Minoxidil para obter um resultado satisfatório é de 5 meses.

Somente com o uso diário e aplicação do produto seguindo todas as orientações é possível garantir que o efeito esperado seja atingido.

Ficou interessada?

Vou deixar aqui um loja  que eu super recomendo e que possui as melhores marcas importadas de Minoxidil e o melhor de tudo, com frete grátis:

Vai lá conferir! Tenho certeza que você não vai querer ficar de fora dessa, né?!

6 thoughts on “Posso usar minoxidil estando grávida? Descubra!

  1. Boa noite.
    Tenho uma dúvida:
    Minha mulher está grávida, e eu faço utilização do tratamento do minoxidil 5%.
    Hoje ela se encontra no quinto mês de gravidez. Gostaria de saber se eu posso ou não continuar
    com meu tratamento de minoxidil.

    1. Olá, Dalvo! Então, acredito que não tenha problema contanto que sua esposa não entre em contato com a loção do Minoxidil. Recomendo que vocês não compartilhem travesseiros, toalhas, esponjas e outros itens do tipo.

    1. Olá, Pamela! Uma vez absorvido, 95% do minoxidil é eliminado do organismo pela urina depois de 4 dias. Recomendamos a suspensão do uso do minoxidil pelo menos 1 semana antes de iniciar tentativas para engravidar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *