Trichosol maximiza os efeitos do minoxidil? Será?

A perda de cabelo ou alopecia é um problema na sociedade moderna, que é geralmente relacionada à queda de cabelo no couro cabeludo.

Cerca de um terço das mulheres experimentam queda de cabelo (alopecia) em algum momento de suas vidas; entre as mulheres na pós-menopausa, até dois terços sofrem queda de cabelo ou manchas calvas.

Se você tem notado que seu cabelo está mais fino ou que em alguma parte está ficando com um espaço cada vez maior, você pode ser uma das milhões de mulheres afetadas pela queda de cabelo padrão feminino (QCPF).

Embora a QCPF seja o tipo mais comum de perda de cabelo em mulheres, a queda provavelmente se deve a uma combinação de fatores.

O caimento dos cabelos nas mulheres geralmente é progressivo, isso significa que, se não tratada, provavelmente continuará a perder cabelo.

Para resolver este problema muitas pessoas pesquisam online por tratamentos, e muito provavelmente sempre encontrará dois medicamentos: finasterida, um tratamento hormonal oral que bloqueia o hormônio principal responsável pela queda de cabelo, e Minoxidil, uma solução tópica para prevenir a calvície. Há apenas um problema, a grande maioria das informações sobre esses dois medicamentos é escrita para homens.

Estatisticamente, isso não é uma grande surpresa. Embora muitas pessoas considerem a queda de cabelo um problema masculino, alguns levantamentos mostram que as mulheres têm quase tanta probabilidade de sofrer algum grau de queda de cabelo quanto os homens.

Assim como o corpo precisa de uma variedade de alimentos integrais para ser mais saudável, o cabelo se beneficia mais quando é alimentado com uma ampla variedade de ingredientes restauradores.

Porém, um desses medicamentos, o finasterida, não é acatado para o tratamento da queda de cabelo em mulheres. O Minoxidil, por outro lado, pode ser altamente eficaz na prevenção da queda de cabelo feminina segundo a Academia Americana de Dermatologia (AAD) e é sobre o efeito dele junto com o Trichosol que iremos falar hoje.

Neste guia, explicaremos como o Trichosol pode potencializar o efeito do Minoxidil para evitar que seu cabelo caia. Contudo, primeiro iremos explicar como o Minoxidil e o Trichosol funcionam.

O Minoxidil foi introduzido pela primeira vez como um medicamento anti-hipertensivo e a descoberta de seu acontecimento adverso comum, a hipertricose, levou ao desenvolvimento de uma formulação tópica para promover o crescimento do cabelo.

A solução de Minoxidil a 2% foi lançada no mercado pela primeira vez em 1986, seguida pela solução a 5% em 1993.

A solução de Minoxidil, sem interferência de Trichosol, contém ingredientes inativos, incluindo água, bem como etanol e propilenoglicol, que são usados como veículos para aumentar a solubilidade do Minoxidil.

Os cientistas não sabem o mecanismo exato pelo qual o Minoxidil evita o enfraquecimento do cabelo, mas acreditam que o Minoxidil atua colocando prematuramente os folículos capilares na fase anágena, fazendo com que eles passem rapidamente pelas fases de repouso e queda antes de começarem a crescer novamente, acelerando o ciclo de crescimento do seu cabelo.

Ao contrário de muitos tratamentos para perda de cabelo sem receita, o Minoxidil é apoiado por uma grande quantidade de pesquisas científicas. O Minoxidil tem sido usado no tratamento da queda de cabelo há várias décadas.

Os especialistas vêm pesquisando também e publicando estudos para comprovar a eficácia da aplicação do Trichosol com o Minoxidil. Com isso, em 2017 a tecnologia Trichosol foi publicada como um mecanismo de ação.

Fagron, líder mundial em inovação e pesquisa científica magistral, desenvolveu a tecnologia patenteada TrichoTech, que permite a solubilização de Minoxidil base, ao mesmo tempo que maximiza os resultados nos tratamentos das alopecias.

Trichosol tem solução hidrofílica não irritante, livre de álcool e propilenoglicol, que contém sais minerais de origem vegetal, com alta espalhabilidade no couro cabeludo.

Em um dos estudos que foram publicados, vinte voluntários foram selecionados e, em seguida, diagnosticados com telógeno eflúvio variando em idade (25-50 anos de idade) e sexo. Quatro grupos de voluntários foram treinados e tratados.

Todos esses grupos de pacientes foram tratados por 90 dias. Os resultados obtidos neste estudo são surpreendentes, nas mulheres os aumentos médios nas contagens foram de aproximadamente 36%.

Pela a análise realizada é possível concluir que o tratamento com Minoxidil em 3% com base em Trichosol foi capaz de aumentar a porcentagem da fase anágena nesses voluntários. Provando assim, que é possível maximizar os efeitos que Minoxidil oferece.

Os benefícios deste tratamento do Minoxidil com o Trichosol são muitos.

O ingrediente ativo apresenta estudo publicado comprovando seu mecanismo de ação, mostrando que é uma técnica totalmente confiável. Sensorialmente, os produtos geralmente são leves e secos, promovendo o aumento de aceitação dos pacientes, principalmente de mulheres. Outro benefício é que a solução não causa ressecamento capilar.

Em suma, embora o minoxidil não seja uma cura milagrosa para a queda de cabelo (dependendo da gravidade da queda de cabelo, pode não crescer tudo novamente), está provado que funciona eficazmente para homens e mulheres como um ótimo tratamento. Um procedimento efetivo e seguro.

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR O MINOXIDIL COM TRICHOSOL 

Referências

Estudo – Effects of Trichosol on Increasing the Anagen Phase of the Capillary Cycle of Volunteers: https://www.hilarispublisher.com/open-access/effects-of-trichosoltrade-on-increasing-the-anagen-phase-of-the-capillary-cycle-of-volunteers.pdf

Matéria de Harvard falando sobre o assunto – Treating female pattern hair loss: https://www.health.harvard.edu/staying-healthy/treating-female-pattern-hair-loss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *